Pesquisa traça perfil do assentado brasileiro.

Posted: 09/01/2011 in DIREITOS HUMANOS, questão agrária, Trabalho Digno
Etiquetas:, , , , ,

 

O presidente do Incra, Rolf Hackbart, divulga a mais nova pesquisa sobre qualidade de vida em áreas de Reforma Agrária.

A pesquisa de Avaliação da Qualidade dos Assentamentos, Produção e Renda, realizada em 2010, com 16 mil famílias, em 26 estados do país, foi divulgada pelo Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), nesta terça-feira (21). Os dados levantados nos 1.161 assentamentos revelam um retrato de como é o assentado no Brasil.

– 23% tem entre 11 e 20 anos.
– 55% das famílias tem de dois a quatro membros.
– 69% cursaram entre a primeira e a nona série. 6% possui ensino médio completo e 0,56% o ensino superior completo.
– 86% das crianças estão matriculadas na escola.
– 62% avalia a quantidade e qualidade dos professores como “boa/ótima”.
– 64% considera a qualidade da água que recebe como “boa/ótima”.

Tamanho do lote – Mais da metade dos pesquisados, cerca de 58,5%, afirmam que o tamanho do lote é “ótimo” ou “bom”. Em relação à fertilidade do solo, esse percentual é um pouco menor: 52,74%. A maioria (68%) declarou ter conhecimento de técnicas de produção entre “razoável” e “ótimo”.

 

  Pronaf e comercialização – O Programa Nacional da Agricultura Familiar (Pronaf) financia 52,2% das famílias assentadas e 62% delas receberam auxílio para a compra de material de construção. Em relação à satisfação com a comercialização dos produtos, 60% consideram entre “razoável” e “ótima”.

 

  Cooperativismo – Dois em cada três assentados participam de associações ou cooperativas. 51,9% dizem que participam “frequentemente” das reuniões e 16% diz participar “regularmente”. Apenas 0,04% destaca que não participa das reuniões.

 

 Campo mais informatizado – Após assentados, muitos deles conseguiram comprar bens e equipamentos. Neste recorte da pesquisa, é possível notar que triplicou o número de entrevistados que tinham celulares, motocicletas, antenas parabólicas e fornos microondas. Todavia, o destaque ficou para a aquisição de impressoras, com crescimento de 569% entre os assentados e computadores com 450%. Quadriplicou também o número daqueles que possuem acesso à internet.

Fonte: Brasília Confidencial

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s