Polícia descobre mansão que funcionava como cassino clandestino

Posted: 27/01/2012 in Comportamento, CORONELISMO, CORRUPÇÃO, IMPUNIDADE, Segurança Pública, Servidores Públicos
Etiquetas:, , , , ,

 

Três pessoas foram detidas e nenhum delegado apareceu para comandar a operação
 Redação Bem Paraná, com Rádio Banda B

40 máquinas caça-Níqueis foram apreendidas
(foto: Redação Bem Paraná)

Depois de uma denúncia anônima, cerca de 60 policiais invadiram uma mansão de 2 mil metros quadrados no bairro Parolin, em Curitiba. No local descobriram que funcionava um cassino clandestino e, nos 2° e 3° andares, uma casa de prostituição de luxo.

Três pessoas foram detidas e serão encaminhadas ao 2º Distrito Policial.

No momento da abordagem, às 23 horas desta quinta-feira (26), os policiais flagraram vários clientes e quatro funcionários, além de mulheres que possivelmente se prostituiam.

Nenhum delegado -Apesar da gravidade do flagrante, de forma inexplicável, nenhum delegado apareceu para atender a ocorrência. Com isso, cerca de 15 policiais civis permanecem na mansão sem conseguir um contato sequer com alguma autoridade responsável para assumir o caso.

Os clientes foram ouvidos pelos próprios policiais e dispensados tamanha a demora na chegada de algum delegado. Segundo os policiais, todos que foram procurados não atenderam o telefone.

Mordomia – A mansão de cerca de 2 mil metros quadrados fica na rua Padre Isaías de Andrade. Segundo a reportagem da Banda B, a casa é extremamente luxuosa, com cerca de 10 suítes, piscina, banheiras de hidromassagem, serviço de valet para atender os clientes com estacionamento para mais de 100 veículos.

Dezenas de máquinas de caça-níqueis estavam ligadas no momento da abordagem. Cardápios com bebidas de até R$ 400 era oferecido aos clientes.

Sem ter o nome revelado, os investigadores afirmaram ter descoberto que pessoas “poderosas” frequentavam a casa e, segundo a suspeita dos próprios policiais, talvez isso explique a ausência de qualquer delegado para comandar a operação.

Registros – A Banda B teve acesso a documentos da casa, como registro de aluguel, contas de água, luz e telefone. Somente a residência teria sido alugada pelo valor de R$ 5.191 e o estacionamento por R$ 1.430. O local estava registrado como restaurante.

Além disso foram encontradas fotografias com várias personalidades políticias. Uma caderneta com a relação de nomes e telefones de vários clientes também foi encontrada.

Risco – Depois de mais de oito horas de espera, os investigadores começaram a retirar as máquinas de jogos para o pátio. Disseram que haviam contratado um serviço de frete com o próprio dinheiro para levar o material até o 2º Distrito Policial. Eles correm o risco de sofrer medidas administrativas por causa das apreensões sem a presença de um delegado.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s